Negro

Vote aqui



A matriz africana e seus desdobramentos na arte contemporânea brasileira. Releituras, ressignificações e antropofagia. Aderbal Ashogun, o artista-sacerdote que promove e defende a cultura afro-brasileira. Arjan Martins e a narrativa pictórica e poética do tráfico negreiro. Tiago Sant´Ana apresenta o sincretismo no Recôncavo Baiano. Ronal Duarte propõe o encontro da arte com o ritual. Paulo Nazareth, artista-andarilho em busca da afirmação de uma identidade negra e latino americana. Michelle Mattiuzzi expõe e problematiza seu corpo negro feminino.
Próximas exibições no canal Curta!
13/01/2023 18:00:00 [daqui a 101 dias]
Envie o seu comentário
Faça login ou se cadastre para comentar a obra.
Carregar mais comentários
Envie o seu comentário
Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Aplicabilidades Pedagógicas



Etapa/Nível de Ensino: Ensino Médio

Área de Ensino: Linguagens

Componente Curricular/Disciplina: Arte


Relatos de Professores



Utilizou este filme em suas aulas?
Relate sua experiência!

Relatos de Professores (0)

Testes de Conhecimentos


Você é Educador?
Crie o primeiro teste de conhecimentos para este filme!
Criar Teste

26 min
2017
Brasil
RJ
A14

Séries: Estados da Arte | 12 Episódios de 26 Minutos

Diretor: Eduardo Goldenstein

Elenco: Thiago Sant´AnaThiago Sant'Ana

Sinopse: A matriz africana e seus desdobramentos na arte contemporânea brasileira. Releituras, ressignificações e antropofagia. Aderbal Ashogun, o artista-sacerdote que promove e defende a cultura afro-brasileira. Arjan Martins e a narrativa pictórica e poética do tráfico negreiro. Tiago Sant´Ana apresenta o sincretismo no Recôncavo Baiano. Ronal Duarte propõe o encontro da arte com o ritual. Paulo Nazareth, artista-andarilho em busca da afirmação de uma identidade negra e latino americana. Michelle Mattiuzzi expõe e problematiza seu corpo negro feminino.

Alugue