Vinicius de Moraes, Um Rapaz de Família


Disponível no:

Neste documentário, em versão cuidadosamente restaurada, Suzana de Moraes retrata o pai, Vinicius, na intimidade. Distante de um possível retrato oficial do grande poeta, diplomata e criador da bossa nova, o filme mostra um homem entre amigos e familiares, desprendido de convencionalismos, numa atmosfera que se reflete também na linguagem despojada da obra. Sem dúvida, esse perfil afetivo, cotidiano e bem-humorado só foi possível porque a equipe de filmagem era formada por pessoas próximas e porque Vinicius nunca sai de seu círculo de amigos, composto, entre outros, por Oscar Niemeyer, Ferreira Gullar e Tom Jobim. Segundo Walter Salles, este filme é "uma das experiências mais originais do documentário brasileiro das últimas décadas".
Envie o seu comentário
Faça login ou se cadastre para comentar a obra.
Carregar mais comentários
Envie o seu comentário
Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Aplicabilidades Pedagógicas



Etapa/Nível de Ensino: Ensino Médio

Área de Ensino: Linguagens

Componente Curricular/Disciplina: Arte


Relatos de Professores



Utilizou este filme em suas aulas? Relate sua experiência!


Relatos de Professores (0)

Testes de Conhecimentos


Você é Educador? Crie o primeiro teste de conhecimentos para este filme! Criar Teste

30 min
1983
Brasil
RJ
12 ANOS

Diretor: Suzana de Moraes

Elenco: Antônio Carlos JobimCaetano VelosoFerreira GoulartJoão DonatoLygia de MoraesMaria Rosa OliverOscar NiemeyerVinicius de Moraes

Sinopse: Neste documentário, em versão cuidadosamente restaurada, Suzana de Moraes retrata o pai, Vinicius, na intimidade. Distante de um possível retrato oficial do grande poeta, diplomata e criador da bossa nova, o filme mostra um homem entre amigos e familiares, desprendido de convencionalismos, numa atmosfera que se reflete também na linguagem despojada da obra. Sem dúvida, esse perfil afetivo, cotidiano e bem-humorado só foi possível porque a equipe de filmagem era formada por pessoas próximas e porque Vinicius nunca sai de seu círculo de amigos, composto, entre outros, por Oscar Niemeyer, Ferreira Gullar e Tom Jobim. Segundo Walter Salles, este filme é "uma das experiências mais originais do documentário brasileiro das últimas décadas".

Alugue