Mexeu com uma, mexeu com todas


Fotografia: Andrea Capella, Helô Passos

Roteiro: Julia de Abreu

Edição: Maria Altberg

Som Direto: Laura Zimermmam, Lia Camargo

Empresa(s) produtora(s): Cineluz

Produção Executiva: Tania Luz

Pesquisa: Julia de Abreu

Mixagem: François Wolf

"Mexeu com uma, mexeu com todas" é um dos gritos de protesto das mulheres que tomaram conta das ruas no Brasil e se organizaram em redes sociais para fazer frente ao machismo e ao conservadorismo. Por meio de depoimentos de mulheres que passaram por situações de violência, o documentário revela que, apesar de conquistas legais, a mulher ainda permanece em situação de vulnerabilidade. Entre outras depoentes, estão Maria da Penha, Joanna Maranhão, Luíza Brunet e Clara Averbuck.
Próximas exibições no canal Curta!
17/06/2022 21:00:00 [daqui a 21 dias]
18/06/2022 01:00:00 [daqui a 21 dias]
19/06/2022 11:30:00 [daqui a 22 dias]
20/06/2022 15:00:00 [daqui a 23 dias]
21/06/2022 09:00:00 [daqui a 24 dias]
É Tudo Verdade - Festival Internacional de Documentários
Envie o seu comentário
Faça login ou se cadastre para comentar a obra.
Carregar mais comentários
Envie o seu comentário
Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Aplicabilidades Pedagógicas



Etapa/Nível de Ensino: Formação de Educadores

Área de Ensino: Ciências Humanas

Componente Curricular/Disciplina: Sociologia


Relatos de Professores



Utilizou este filme em suas aulas? Relate sua experiência!

Relatos de Professores (0)

Testes de Conhecimentos


Você é Educador?
Crie o primeiro teste de conhecimentos para este filme! Criar Teste

71 min
2017
Brasil
RJ
12 ANOS

Diretor: Sandra Werneck

Elenco: Alessandra Silva SouzaAline Matias AzevedoClara AverbuckDelcimar dos Santos NascimentoJoanna MaranhãoLuiza BrunetMaria da Penha Maia Fernandes

Sinopse: "Mexeu com uma, mexeu com todas" é um dos gritos de protesto das mulheres que tomaram conta das ruas no Brasil e se organizaram em redes sociais para fazer frente ao machismo e ao conservadorismo. Por meio de depoimentos de mulheres que passaram por situações de violência, o documentário revela que, apesar de conquistas legais, a mulher ainda permanece em situação de vulnerabilidade. Entre outras depoentes, estão Maria da Penha, Joanna Maranhão, Luíza Brunet e Clara Averbuck.

Alugue