13 02 2022



Empresa(s) produtora(s): Canal Curta!

Em edição especial, a Revista Curta! celebra os 100 anos da Semana de Arte Moderna. No campo do cinema, o diretor Marcelo Machado fala sobre um documentário que está preparando sobre o tema, baseado no livro A Semana Sem Fim, de Frederico Coelho. É justamente esse escritor que, na reportagem seguinte, aborda a questão literária na Semana de 22, lembrando que os autores daquela época travaram uma luta contra o estilo herdado do século XIX. Curadora da exposição Brasilidade Pós-Modernismo, em cartaz no CCBB-SP, Tereza de Arruda comenta paralelos entre artistas contemporâneos e os que participaram do evento de 1922. Para falar de música, convidamos a pesquisadora Camila Fresca, que destaca a relevância de Villa-Lobos e Mário de Andrade na modernização dessa arte no Brasil.

Envie o seu comentário
Faça login ou se cadastre para comentar a obra.
Carregar mais comentários
Envie o seu comentário
Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Relatos de Professores



Utilizou este filme em suas aulas?
Relate sua experiência!

Relatos de Professores (0)

Testes de Conhecimentos


Você é Educador?
Crie o primeiro teste de conhecimentos para este filme!
Criar Teste

15 min
2022
Brasil
RJ
AL

Séries: Revista Curta! | 368 Episódios de 17 Minutos

Elenco: Camila FrescaFrederico CoelhoMarcelo MachadoTereza de Arruda

Sinopse: Em edição especial, a Revista Curta! celebra os 100 anos da Semana de Arte Moderna. No campo do cinema, o diretor Marcelo Machado fala sobre um documentário que está preparando sobre o tema, baseado no livro A Semana Sem Fim, de Frederico Coelho. É justamente esse escritor que, na reportagem seguinte, aborda a questão literária na Semana de 22, lembrando que os autores daquela época travaram uma luta contra o estilo herdado do século XIX. Curadora da exposição Brasilidade Pós-Modernismo, em cartaz no CCBB-SP, Tereza de Arruda comenta paralelos entre artistas contemporâneos e os que participaram do evento de 1922. Para falar de música, convidamos a pesquisadora Camila Fresca, que destaca a relevância de Villa-Lobos e Mário de Andrade na modernização dessa arte no Brasil.

Alugue