Plano de Aula

UMA ANIMAÇÃO LÚDICA, MAS EM NADA INGÊNUA

Minhocas
30/03/2008
Ensino Médio, Educação Infantil, Ensino Fundamental - Anos Iniciais, Ensino Fundamental - Anos Finais, Formação de Educadores, Educação de Jovens e Adultos
Língua Portuguesa, Ciências
Marilene Lima



Como se contasse uma história, o narrador treina a impostação da voz e apresenta o curta-metragem "Minhocas", cujo tema "Vida em família" é discutido de forma sutil numa animação lúdica, mas em nada ingênua.
As perguntas dos filhos sobre temas existenciais podem ser constrangedoras para os adultos, talvez porque nem mesmo eles tenham resolvido tais temas.
Na educação tradicional pensa-se que as crianças devem obedecer aos adultos, sem nenhum direito de questionar. A escola pode formar jovens apáticos e servis a uma obediência cega ou proporcionar momentos a partir dos quais crianças e jovens tenham suas próprias idéias e desenvolvam sua capacidade de agir diante dos seus questionamentos e problemas cotidianos.
O temor à vida e aos adultos pode ser utilizado como estratégia para se obter obediência e respeito aos preceitos do mundo adulto. Contudo, tais estratégias podem ter como conseqüência a ansiedade dos pequenos, ou mesmo alicerçar em suas personalidades características tímidas ou dissimuladas ou, ainda, calcadas na agressividade e na solidão, que em nada contribuem para seu real desenvolvimento sadio.
Elaborar os "fantasmas" internos e manipular seus medos é algo que não se faz só em consultório, mas são atos que podem ser iniciados desde a escola, para que crianças e jovens possam se desenvolver de maneira harmoniosa e cresçam cientes e preparados para a vida e todos os seus sabores e segredos. Como diz o poeta: "Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é".
Segundo Yalom (2007) quatro preocupações assumem, de maneira genérica,
grande destaque para nós: a morte, o isolamento, o significado da vida e a liberdade. São, justamente, esses temas que se encontram vislumbrados no presente curta-metragem:


Você é Educador?
Crie o primeiro teste de conhecimentos para este filme!
Criar Teste


o Compreender o desenvolvimento humano e de todo organismo vivo como processo dinâmico

o Refletir sobre sentimentos como: medo, curiosidade, motivação e necessidade de desafios como necessários ao crescimento

o Construir competência frente ao conhecimento tendo como base a pesquisa de opinião com familiares

o Comunicar-se de forma eficaz tendo como utensílios a fala interna (pensar sobre o que vai falar) e a fala social (para ouvir o outro é necessário calar)

o Planejar uma entrevista tendo como base questionamentos do próprio grupo de crianças, tendo o professor como escriba e exercitando a re-escrita dirigida (de acordo com suas competências)


o Discutir sobre a importância de sentimentos tais como:

o a curiosidade: como desafiadora frente ao novo e

o o medo (não patológico): como manutenção do bem-estar (o medo nos faz refletir sobre nossas ações e nos previne de fazer coisas que podem nos prejudicar, ao contrário do medo patológico que nos impede de agir).


Fases do trabalho:



1. Apresentação do curta "Minhocas"



2. Roda de Conversa sobre as dúvidas que cada um tem e gostaria de perguntar aos adultos e não o fazem, ou de seus medos e curiosidades



Orientações didáticas:

O professor pode instigar perguntas sobre temas implícitos no filme, tais como Ciclos da vida humana e animal Ecossistema e cadeia alimentar...

É possível organizar as questões em forma de entrevista, tendo o professor como escriba.



3. Momento da criação: propor que expressem individualmente seus sentimentos, medos e curiosidades em construções artísticas ou desenhos



4. Audição, discussão e desenho da música "Os Bichinhos e o Homem" (veja anexo)



5. Leitura compartilhada de livros, buscando-se informações a partir das perguntas elaboradas pelo grupo



6. Entrevista com as famílias: busca de respostas às questões levantadas pelo grupo



7. Roda da descoberta: socialização das descobertas em livros e entrevistas e das criações de cada um sobre sentimentos, medos e curiosidades, com comentários e orientações do professor.

Bibliografia consultada e sugerida:



YALOM, Irvin D. (2007). O carrasco do amor: e outras histórias sobre psicoterapia. Rio de Janeiro: Ediouro, pp. 11-22.

Crédito das imagens: busca no site da google pelo nome + gif









Livros que podem ser lidos com a turma:

 A curiosidade premiada, de Fernanda Lopes de Almeida e Alcy Linares. São Paulo: Ática, 1983.

 Contos de enganar a morte, de Ricardo Azevedo. São Paulo: Ática, 2003.

 O dia em que a morte quase morreu, de Sandra Branco. São Paulo: Cortez, 2006.

 Por que ter medo? , de Molly Wigand. São Paulo: Paulus, s/d.




Anexo


Os Bichinhos e o Homem

Composição: Vinicius de Moraes / Toquinho - CD Arca de Noé 2 - Vinícius para crianças


Nossa irmã, a mosca

É feia e tosca

Enquanto que o mosquito

É mais bonito

É mais bonito

Nosso irmão, besouro

Que é feito de couro

Mal sabe voar

Mal sabe voar



Nossa irmã, a barata

Bichinha mais chata

É prima da borboleta

Que é uma careta

Que é uma careta



Nosso irmão, o grilo

Que vive dando estrilo

Só pra chatear

Só pra chatear

E o bicho-do-pé

Que gostoso que ele é

Quando dá coceira

Coça que não é brincadeira



E o nosso irmão carrapato

Que é um outro bicho chato

E primo-irmão do bacilo

Que é irmão tranqüilo

Que é irmão tranqüilo

E o homem que pensa tudo saber

Não sabe o jantar que os bichinhos vão ter

Quando o seu dia chegar

Quando o seu dia chegar


Utilizou este filme em suas aulas?
Relate sua experiência!

Relatos de Professores (35)