O Casamento de Louise


Disponível no:

Produção: Aurélio Vianna

Fotografia: Kátia Coelho

Roteiro: José Roberto Torero

Edição: Marta Luz

Som Direto: Chico Bororo

Empresa(s) produtora(s): Aurora Cinematográfica

Câmera: Lula Araújo

Produção Executiva: Aurélio Vianna

Mixagem: Fernando Fonseca

Uma é violinista da Orquestra Sinfônica, em Brasília. A outra, faz das panelas verdadeiros instrumentos musicais. Uma se envaidece com o farto domínio do discurso. A outra, se destaca quando o assunto é a prática. Apesar das diferenças, a patroa Louise (Silvia Buarque) e a empregada Luzia (Dira Paes) guardam algumas coisas em comum: ambas esperam ansiosamente a chegada dos amores de suas vidas, compartilham a mesma casa e data de nascimento, têm paixão pela música e se relacionam com ex-maridos complicados. Em torno dos preparativos para um almoço com o provável príncipe encantado, personificado na figura do maestro sueco Helstrom (Mark Hopkins), Louise e Luzia se confrontam com suas grandezas e limitações. "O Casamento de Louise" fala com bom humor de desencontros sociais e culturais e da busca pelo amor ideal. Feijoada ou salmão deve ser o prato para fisgar o maestro? Música erudita ou pagode? O conflito é apimentado pela chegada do ex jogador de futebol Bugre (Marcos Palmeira), ex-marido de Luzia, assim como pela inusitada presença do banqueiro corrupto Flávio (Murilo Grossi), ex-marido de Louise.
Melhor Ator no Festival de Cinema de Varginha em 2002
Melhor Atriz no Festival de Cinema de Varginha em 2002
Melhor Atriz no Festival de Cuiabá em 2001
Melhor Atriz no Festival de Natal em 2001
Melhor direção no Festival de Cinema de Varginha em 2002
Melhor direção no Festival de Natal em 2001
Melhor Filme no Festival de Cinema de Varginha em 2002
Melhor Filme Brasiliense no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro em 2002
Melhor Filme do Juri Popular no Festival de Cuiabá em 2001
Melhor Montagem no Festival de Cinema de Varginha em 2002
Melhor Roteiro no Festival de Natal em 2001
Troféu Câmara Legislativa no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro em 2001
Festival Internacional de Cinema do Uruguai
Envie o seu comentário
Faça login ou se cadastre para comentar a obra.
Carregar mais comentários
Envie o seu comentário
Após aprovação, seu comentário será publicado e enviado para o diretor do filme. | Normas para publicação

Relatos de Professores (0)
Utilizou este filme em suas aulas? Relate sua experiência!
80 min
2000
Brasil
DF
18 ANOS

Diretor: Betse de Paula

Elenco: Beatriz Morgana, Dira Paes, Marcos Palmeira, Mark Hopkins, Murilo Grossi, Nilo Carneiro, Silvia Buarque

Sinopse: Uma é violinista da Orquestra Sinfônica, em Brasília. A outra, faz das panelas verdadeiros instrumentos musicais. Uma se envaidece com o farto domínio do discurso. A outra, se destaca quando o assunto é a prática. Apesar das diferenças, a patroa Louise (Silvia Buarque) e a empregada Luzia (Dira Paes) guardam algumas coisas em comum: ambas esperam ansiosamente a chegada dos amores de suas vidas, compartilham a mesma casa e data de nascimento, têm paixão pela música e se relacionam com ex-maridos complicados. Em torno dos preparativos para um almoço com o provável príncipe encantado, personificado na figura do maestro sueco Helstrom (Mark Hopkins), Louise e Luzia se confrontam com suas grandezas e limitações. "O Casamento de Louise" fala com bom humor de desencontros sociais e culturais e da busca pelo amor ideal. Feijoada ou salmão deve ser o prato para fisgar o maestro? Música erudita ou pagode? O conflito é apimentado pela chegada do ex jogador de futebol Bugre (Marcos Palmeira), ex-marido de Luzia, assim como pela inusitada presença do banqueiro corrupto Flávio (Murilo Grossi), ex-marido de Louise.

Alugue