Object reference not set to an instance of an object.

Resultados de busca
Estes são os 5 títulos encontrados com Nelson Xavier no elenco.
Para ver resultados por outros critérios, refine sua busca usando a ferramenta à direita:
Elenco (5)
Vídeos que você pode assistir online: trechos de obras ou na íntegra
Trecho disponível
Eles Não Usam Black-Tie
“Eles não usam black-tie” debruça-se sobre os conflitos, contradições e anseios da classe trabalhadora no final dos anos 1970, na crise final da ditadura militar.
Trecho disponível
A Dama do Estácio | 1
Zulmira é uma velha prostituta que um dia acorda obcecada com a ideia de que vai morrer, e precisa adquirir um caixão.
Trecho disponível
O Bom Burguês
Sinopse: O bancário Lucas (José Wilker) desvia dinheiro do banco em que trabalha para financiar organizações políticas revolucionárias. Colabora inicialmente com dois grupos de métodos distintos: um, contrário à luta de guerrilha (PC), outro, favorável (PCBR). O primeiro é basicamente representado pelo “Velho” (Jofre Soares) e o segundo pelo comandante Raul (Nelson Xavier), Antonio (Emmanoel Cavalcanti) e os jovens Lauro (Anselmo Vasconcelos) e Joana (Christiane Torloni), entre outros. Joana, irmã de Lucas, desconhece a atividade política do irmão e considera-o um conformista. A mulher de Lucas, Neuza (Betty Faria), a princípio também desconhece o envolvimento político do marido, mas, quando vem a saber da verdade, permanece a seu lado. Aparentando prosperidade para disfarçar suas atividades clandestinas, Lucas mostra-se audacioso, investe em grandes negócios aproveitando-se do “milagre brasileiro” e passa a freqüentar gente rica e empresários comprometidos com a repressão, como Thomas (Jardel Filho), Valadares (Paulo Porto) e Romano (Vinícius Salvatori). Penetra no miolo do poder, desfruta de alguns de seus privilégios, tem uma relação passageira com Antônia (Nicole Puzzi), mulher rica e devoradora de homens. Ironicamente., é obrigado a contribuir com dinheiro para um “livro de ouro” de Thomas, destinado a financiar a repressão à guerrilha. A pessoa real (Lucas) e o codinome (Jonas) se fundem. Rico e prestigiado o personagem quase perde sua identidade sendo questionado pela mulher. A certa altura, o grupo comandado por Raul Seqüestra um embaixador suíço e exige do Governo a libertação de presos políticos. O Governo custa a se decidir, os seqüestradores vivem momentos de tensão e incerteza. Ainda assim, floresce o amor entre Joana e Lauro, dois dos guerrilheiros. O seqüestro alcança sua finalidade, mas os acontecimentos se precipitam tragicamente. O “Velho” é preso e morto; o grupo ligado ao seqüestro, desbaratado. Joana é colocada em situação extrema ao ser obrigada a identificar o homem que fornece dinheiro grosso à guerrilha, conhecido pelo codinome de Jonas. Ao descobrir que se trata de Lucas, seu próprio irmão, Joana recusa-se a entregá-lo e, em gesto heróico, salva-o de um cerco policial. Afinal descoberto e preso, Lucas fica sob os cuidados de Thomas e Romano. Mas, como há muito dinheiro e papéis comprometedores em questão, estabelecem-se negociações entre Lucas e os empresários e o Governo: ele poderá ser libertado em troca de um milhão de dólares e da devolução dos papéis. As negociações são efetuadas e “O Bom Burguês”, em liberdade, parte para o exterior em companhia da mulher.
Trecho disponível
Soledade
Sinopse: Estado da Paraíba, 1983. O Canavial de um engenho arde, num gigantesco incêndio, ateado por mães criminosas, uma forma de protesto típica do nordeste brasileiro. Queimar um canavial é mais que matar o senhor de engenho. É destruir seu poder. Lúcio(Ney Sant´Anna) é um usineiro da época que recebeu o engenho das mãos do pai, coronel Dagoberto (Jofre Soares) e o industrializou. Agora ele trata de proteger seus domínios, auxiliado por seus cabras fiéis (Mestre Valentim/Emanuel Cavalcanti e João Troçulho/Roberto Bonfim) enquanto recebe sua mulher chegada de Recife (Maria da Graça/Rosa Maria Penna). Nessa hora, começa a recordar os 20 anos de apogeu e transformação do engenho Marzagão. E uma figura se impõe em toda história, como principal personagem: Soledade. 1930 – Uma família de retirantes o sertão pede pousada no Marzagão. Valentim, sua filha Soledade (Rejane Medeiros) e o filho de criação Pirunga (Nelson Xavier). Viúvo, o coronel Dagoberto os aceita, impressionado pela moça, que lhe recorda a esposa morta. Soledade passa a viver na Fazenda, trazendo a Lúcio o fogo da primeira paixão, entre a cobiça de todos no engenho. E por causa de Soledade tudo começa a mudar. Lúcio toma coragem e passa a enfrentar o pai. Numa festa João Troçulho duela com Pirunga. Valentim, tentando proteger a moça, narra as leis do sertão, onde quem desonra donzelas merece a morte, numa ameaça a quem quisesse seduzir Soledade. Aqui o filme mostra o cotidiano do engenho, magnetizado pela sensualidade de Soledade e abalado pelas lutas políticas que emocionam o País. Um tio que chega da capital (Carlos Kroeber) traz o retrato convulsionado do Brasil na época:a Aliança Liberal contra o governo de Washington Luiz, o ideal democrático contra o conservadorismo, a revolta da cidade de Princesa contra o governador da Paraíba, João Pessoa. Dagoberto e Lúcio distanciam-se cada vez mais: Lúcio não aceita as idéias ultrapassadas do pai e advinha suas intenções com Soledade. Enquanto Pirunga é testemunha muda dos acontecimentos. Tempos mais tarde Lúcio está estudando na capital, João Pessoa é assassinado, o povo revolta-se nas ruas, Valentim é preso pelos jagunços de Dagoberto depois de terrível tiroteio. Lúcio volta com duas intenções: voltar ao amor de Soledade e trazer a revolução para os canaviais. Seu primeiro ato de rebeldia é defender Valentim nos tribunais, contra o próprio pai, provocando a desagregação total do mundo fechado do Marzagão. Soledade provoca a todos, que por ela matam, odeiam e morrem. Amor, política, violência levam a aristocracia ao caos. Soledade desaparece nos sertões com Pirunga. Voltamos a 1938. O engenho agora já se transformou numa usina moderna. Lúcio recebe o delegado de polícia trazendo um prisioneiro (Sálvio Rolim), responsável pelo incêndio do começo do filme. Este faz revelações que completam todo o quadro da epopéia de uma época e de uma sociedade, seus ódios e suas paixões. Uma preparação para o final. Arrasador.
Programas exibidos ou em exibição na TV
Trecho disponível
João Cândido, um Almirante Negro
Sinopse: Documentário sobre a revolta dos marinheiros da Armada, em 1910, contra o uso da chibata nos navios brasileiros.