Object reference not set to an instance of an object.

Resultados de busca
Estes são os 9 títulos encontrados com Jofre Soares no elenco.
Para ver resultados por outros critérios, refine sua busca usando a ferramenta à direita:
Elenco (9)
Vídeos que você pode assistir online: trechos de obras ou na íntegra
Trecho disponível
O Bolo | 1
Sinopse: Um casal está fazendo bodas de ouro. Ela prepara O Bolo, ele molda um pedaço de madeira. Os dois se xingam e se ofendem. Felicidade pode ser apenas você não estar sozinho.
Trecho disponível
Águia na Cabeça
Sinopse: O Bicho está dividido no Rio de Janeiro. Turco ( Hugo Carvana) faz oposição a Canedo (Jece Valadão), chefe máximo da contravenção. César ( Nuno Leal Maia),principal assessor do Senador Ramos Guimarães,proprietário do Banco do mesmo nome e que apóia os grandes bicheiros, aproveita-se da situação para assumir, através de tramas maquiavélicas, o controle da cidade, tornando-se uma espécie de Rei do Rio. De origem humilde, César dói criado e educado pela família Ramos Guimarães. Desde muito cedo, tornou-se o braço direito do Senador, prestando-lhe total fidelidade e ajudando-o a movimentar altas somas de dinheiro provenientes do Jogo do Bicho. Por isso, considera-se o herdeiro natural do Senador. Preso a uma cadeira de rodas e já muito velho, o Senador Ramos Guimarães prepara-se para transmitir todo o seu poder político, inclusive a presidência do Banco, à sua mulher, Dona Branca ( Tereza Rachel), candidata ao Senado nas eleições. César tenta demove-lo da idéia e, diante da resistência do velho político, acaba por matá-lo. Promovendo um racha entre Turco e Canedo, o que visa a divisão de forças dos bicheiros, César inicia sua escalada rumo ao poder. O roubo do inseparável ”masbaha” de Turco, uma espécie de talismã da sorte, por parte de Das Graças (Zezé Motta), amante de Canedo,vem complicar ainda mais as relações entre os dois bicheiros. O objetivo de César é conquistar o apoio de Canedo, depois de convence-lo de que, somente sob sua direção, o Banco Ramos Guimarães e o Partido Político defenderão realmente os interesses dos bicheiros. Uma aliança com Rodrigo, influente jornalista da imprensa marrom, facilita as atividades de César,que passa a mover cerrada campanha de desmoralização contra Dona Branca. Ao mesmo tempo, utiliza-se de Macieira (o chefe de polícia) para estourar diversos pontos dos bicheiros, semeando a total desconfiança entre os mesmos. Aproveitando-se do lado devasso de Macieira, César reúne provas e fornece-as a Canedo, que passa a chantagear o policial. Conquistada a confiança do bicheiro, César elimina um a um aqueles que se atravessam em seu caminho. Numa última e ousada cartada, casa-se com Helena (Xuxa Lopes), filha do Senador e herdeira de todo o império Ramos Guimarães e lança a candidatura de Rodrigo ao Senado. Na ilusão de haver conquistado o poder total da cidade, César começa a cometer descuidos.O romance clandestino que mantém há longos anos com a vedete Rose(Christiane Torloni) começa a minar a estabilidade de seu casamento, além de provocar a ira de Gabriel, perigoso ex-presidiário e principal pistoleiro de Canedo, que é apaixonado pela vedete. É Das Graças que descobre o segredo de César e recupera o “masbaha” de Turco. Para tanto, é obrigada a seduzi-lo, o que deixa Canedo possesso. Canedo reencontra-se com Turco, trocam idéias, percebem-se enganados e resolvem se unir para combater o inimigo comum. César é sentenciado à morte. A execução deverá se consumar no Carnaval, no dia do Grande Desfile das Escolas de Samba, na Marquês de Sapucaí. Das Graças desfila sua fantasia ouro e prata “Águia na Cabeça”.
Trecho disponível
O Bom Burguês
Sinopse: O bancário Lucas (José Wilker) desvia dinheiro do banco em que trabalha para financiar organizações políticas revolucionárias. Colabora inicialmente com dois grupos de métodos distintos: um, contrário à luta de guerrilha (PC), outro, favorável (PCBR). O primeiro é basicamente representado pelo “Velho” (Jofre Soares) e o segundo pelo comandante Raul (Nelson Xavier), Antonio (Emmanoel Cavalcanti) e os jovens Lauro (Anselmo Vasconcelos) e Joana (Christiane Torloni), entre outros. Joana, irmã de Lucas, desconhece a atividade política do irmão e considera-o um conformista. A mulher de Lucas, Neuza (Betty Faria), a princípio também desconhece o envolvimento político do marido, mas, quando vem a saber da verdade, permanece a seu lado. Aparentando prosperidade para disfarçar suas atividades clandestinas, Lucas mostra-se audacioso, investe em grandes negócios aproveitando-se do “milagre brasileiro” e passa a freqüentar gente rica e empresários comprometidos com a repressão, como Thomas (Jardel Filho), Valadares (Paulo Porto) e Romano (Vinícius Salvatori). Penetra no miolo do poder, desfruta de alguns de seus privilégios, tem uma relação passageira com Antônia (Nicole Puzzi), mulher rica e devoradora de homens. Ironicamente., é obrigado a contribuir com dinheiro para um “livro de ouro” de Thomas, destinado a financiar a repressão à guerrilha. A pessoa real (Lucas) e o codinome (Jonas) se fundem. Rico e prestigiado o personagem quase perde sua identidade sendo questionado pela mulher. A certa altura, o grupo comandado por Raul Seqüestra um embaixador suíço e exige do Governo a libertação de presos políticos. O Governo custa a se decidir, os seqüestradores vivem momentos de tensão e incerteza. Ainda assim, floresce o amor entre Joana e Lauro, dois dos guerrilheiros. O seqüestro alcança sua finalidade, mas os acontecimentos se precipitam tragicamente. O “Velho” é preso e morto; o grupo ligado ao seqüestro, desbaratado. Joana é colocada em situação extrema ao ser obrigada a identificar o homem que fornece dinheiro grosso à guerrilha, conhecido pelo codinome de Jonas. Ao descobrir que se trata de Lucas, seu próprio irmão, Joana recusa-se a entregá-lo e, em gesto heróico, salva-o de um cerco policial. Afinal descoberto e preso, Lucas fica sob os cuidados de Thomas e Romano. Mas, como há muito dinheiro e papéis comprometedores em questão, estabelecem-se negociações entre Lucas e os empresários e o Governo: ele poderá ser libertado em troca de um milhão de dólares e da devolução dos papéis. As negociações são efetuadas e “O Bom Burguês”, em liberdade, parte para o exterior em companhia da mulher.
Trecho disponível
Soledade
Sinopse: Estado da Paraíba, 1983. O Canavial de um engenho arde, num gigantesco incêndio, ateado por mães criminosas, uma forma de protesto típica do nordeste brasileiro. Queimar um canavial é mais que matar o senhor de engenho. É destruir seu poder. Lúcio(Ney Sant´Anna) é um usineiro da época que recebeu o engenho das mãos do pai, coronel Dagoberto (Jofre Soares) e o industrializou. Agora ele trata de proteger seus domínios, auxiliado por seus cabras fiéis (Mestre Valentim/Emanuel Cavalcanti e João Troçulho/Roberto Bonfim) enquanto recebe sua mulher chegada de Recife (Maria da Graça/Rosa Maria Penna). Nessa hora, começa a recordar os 20 anos de apogeu e transformação do engenho Marzagão. E uma figura se impõe em toda história, como principal personagem: Soledade. 1930 – Uma família de retirantes o sertão pede pousada no Marzagão. Valentim, sua filha Soledade (Rejane Medeiros) e o filho de criação Pirunga (Nelson Xavier). Viúvo, o coronel Dagoberto os aceita, impressionado pela moça, que lhe recorda a esposa morta. Soledade passa a viver na Fazenda, trazendo a Lúcio o fogo da primeira paixão, entre a cobiça de todos no engenho. E por causa de Soledade tudo começa a mudar. Lúcio toma coragem e passa a enfrentar o pai. Numa festa João Troçulho duela com Pirunga. Valentim, tentando proteger a moça, narra as leis do sertão, onde quem desonra donzelas merece a morte, numa ameaça a quem quisesse seduzir Soledade. Aqui o filme mostra o cotidiano do engenho, magnetizado pela sensualidade de Soledade e abalado pelas lutas políticas que emocionam o País. Um tio que chega da capital (Carlos Kroeber) traz o retrato convulsionado do Brasil na época:a Aliança Liberal contra o governo de Washington Luiz, o ideal democrático contra o conservadorismo, a revolta da cidade de Princesa contra o governador da Paraíba, João Pessoa. Dagoberto e Lúcio distanciam-se cada vez mais: Lúcio não aceita as idéias ultrapassadas do pai e advinha suas intenções com Soledade. Enquanto Pirunga é testemunha muda dos acontecimentos. Tempos mais tarde Lúcio está estudando na capital, João Pessoa é assassinado, o povo revolta-se nas ruas, Valentim é preso pelos jagunços de Dagoberto depois de terrível tiroteio. Lúcio volta com duas intenções: voltar ao amor de Soledade e trazer a revolução para os canaviais. Seu primeiro ato de rebeldia é defender Valentim nos tribunais, contra o próprio pai, provocando a desagregação total do mundo fechado do Marzagão. Soledade provoca a todos, que por ela matam, odeiam e morrem. Amor, política, violência levam a aristocracia ao caos. Soledade desaparece nos sertões com Pirunga. Voltamos a 1938. O engenho agora já se transformou numa usina moderna. Lúcio recebe o delegado de polícia trazendo um prisioneiro (Sálvio Rolim), responsável pelo incêndio do começo do filme. Este faz revelações que completam todo o quadro da epopéia de uma época e de uma sociedade, seus ódios e suas paixões. Uma preparação para o final. Arrasador.
Trecho disponível
Maracatu, Maracatus
Sinopse: As diferenças culturais entre as várias gerações de integrantes do maracatu rural, ritual afro-indígena que tem suas origens nos engenhos de açúcar de Pernambuco.
Trecho disponível
Mr. Abrakadabra!
Sinopse: Um velho artista já não consegue fazer suas mágicas. Desesperado, tenta o suicídio várias vezes, sem obter êxito. Decidido a morrer a qualquer preço, arquiteta um super suicídio. Porém, algo surpreendente acontece....
Programas exibidos ou em exibição na TV
Trecho disponível
Caligrama
Sinopse: Caligrama é um ensaio poético construído a partir do repertório de sons, gestos, imagens, palavras e objetos dos homens de rua que habitam a cidade de São Paulo.
Trecho disponível
Vício
Sinopse: Imagens de violência atormentam um padre, enquanto um desconhecido o pergunta: E a fé, padre, como anda a fé?
Trecho disponível
Da Dor e do Mar
Sinopse: Ela, muito jovem, aproxima-se da dor. Ele, muito velho, desfaz-se no mar.