Terça-feira, 13 de Fevereiro de 2024


00:00

Cale-se - Episódio A Voz Feminina

 •  2015  •  Livre  • 


De Marcus Fernando

O quarto e último episódio sobre MPB da série convida nomes como Joyce e Fátima Guedes a relembrarem o cenário da censura musical sob a ótica feminina. Joyce fala sobre o caso da sua música “Eternamente grávida”, citando exemplos de palavras que não foram admitidas pelo regime. Ivan Lins explica que, durante os Anos de Chumbo, os artistas acabaram polarizados entre engajados ou adesistas. Ele comenta o caso da música “O amor é meu país”, de 1970, que fez com que o compositor fosse taxado de ufanista e acabasse sofrendo uma outra censura. O pesquisador Ricardo Cravo Albin conta de sua atuação em defesa da liberação das canções no Conselho Superior da Censura, uma espécie de segunda instância que reunia membros do governo e da sociedade civil. Zé Luiz Mazziotti e Fátima Guedes relembram a canção “Mestre Salas dos Mares”.

Próximas Exibições:
Seg, 26 fev às 22:15h


00:30

O Som e o Silêncio - Episódio Viola caipira

 •  2018  •  Livre  •  RJ


De José Joffily, Pedro Rossi

No estúdio com Marcos Suzano, Ricardo Vignini celebra o dia que caiu no blues e se deu conta de que sua vó já falava dessas coisas e que ele vinha desse universo: “E quando escutei um ponteado pensei: esse cara é roqueiro”. Luís Armando Domingues, ou Nenê, seu luthier e parceiro na busca do som ideal com a viola caipira, reforça: “É ruim de falar, mas eu gosto é de raiz, caipira verdadeiro, né?”. A dobradinha músico/ luthier vem se consolidando com os anos. Entre uma toada e outra, acompanhado por Suzano, Vignini fala do início da parceria: “Ele chegou a assistir uns shows meus... Quando cheguei lá, ele me deu uma viola com um formato muito interessante: ‘Toma, essa viola é para você’”. Na sua oficina, em Pouso Alegre, MG, Nenê garante: “Meu instrumento tá nesse nível aí porque escuto as pessoas que tocam. Se você ouve o outro, vai somar alguma coisa”.


01:00

Todas as Melodias

 •  2020  •  Livre  •  RJ


De Marco Abujamra

"Luiz Melodia tem música até no nome. Assimilou uma musicalidade que absorve vários estilos e criou uma forma muito particular de composição. Através de shows memoráveis, entrevistas com pessoas importantes na vida do músico e contando com a participação do biografado de forma espontânea, apresentaremos a trajetória deste artista que carrega um estilo inquieto, elegante, sofisticado e carismático.


02:30

Damas do Samba

 •  2015  •  10 anos  • 


De Susanna Lira

O filme provoca uma reflexão sobre o papel da mulher no samba. Mulheres que são pastoras, compositoras, passistas, musas, tias, intérpretes e muitas outras mulheres que fazem parte da construção de uma identidade nacional mestiça. Uma retrospectiva na trajetória do samba ao longo da história com enfoque no papel das mulheres em sua construção e composição.


04:00

Eletronica:Mentes

 •  2019  •  Livre  •  SP


De Dácio Pinheiro, Denis Giacobelis, Paulo Beto

“ELETRONICA: MENTES” investiga o processo criativo e as reflexões de músicos brasileiros que utilizam equipamentos eletrônicos em suas composições. Quando se fala em música eletrônica a grande maioria das pessoas visualizam o ambiente das pistas de dança. No entanto, a linguagem musical desenvolvida a partir de equipamentos tecnológicos faz parte da cultura pop global desde o início do século passado. Na década de 1960, os pioneiros Jocy de Oliveira e Jorge Antunes iniciaram seus primeiros experimentos eletrônicos, em busca de novas interpretações sonoras. Ao longo das décadas, o avanço tecnológico barateou o acesso a equipamentos, ampliou os horizontes e criou diferentes formas de se pensar e executar música eletrônica no Brasil.


05:30

O Povo Brasileiro - Episódio Encontros e Desencontros

 •  2001  •  10 anos  •  SP


De Isa Grinspum Ferraz

Este programa será dedicado ao tema da gestação étnica de um povo novo - o povo brasileiro -, configurando-se num processo de mestiçagem permanente, desde o momento em que o primeiro europeu passou por aqui. De saída, a mistura luso-ameríndia. Os náufragos e degredados gerando filhos mestiços nas redes ou "inis" das cunhãs tupinambás. Nascem assim os mamelucos ou brasilíndios, espraiando-se por todo o litoral brasílico, para militar nas "bandeiras" ou formar núcleos habitacionais na orla marítima do Rio de Janeiro ou do Maranhão. Em seguida, os cruzamentos entre portugueses e negros e entre negros e índios. São os mulatos e cafuzos que vão se multiplicando pelo território conquistado ou em vias de conquista. Tais mestiços já não eram brancos, nem índios, nem negros. "O brasilíndio como o afro-brasileiro existiam numa terra de ninguém, etnicamente falando, e é a partir dessa carência essencial, para livrar-se da ninguendade de não-índios, não-europeus e não-negros, que eles se vêem forçados a criar sua própria identidade étnica: a brasileira", sustenta a tese central de Darcy Ribeiro. Do plano físico ao espiritual, define-se aí de fato, e desde os primeiros tempos coloniais, a personalidade do Brasil como sociedade mestiça e sincrética dos trópicos, distinta das matrizes que lhe deram origem.


06:00

Brasil Visual - Episódio Arte Correio

 •  2015  •  12 anos  •  RJ


De Anna Maria de Azevedo, Rosa Melo

Com um foco investigativo sobre o movimento da Arte Correio, este episódio mostra um recorte dessa produção a partir das experiências e dos arquivos de alguns artistas brasileiros participantes desse movimento. Uma narrativa com vários prováveis começos e com contextos tão diversos que impedem qualquer abordagem absoluta.

Próximas Exibições:
Seg, 26 fev às 22:15h
Seg, 26 fev às 22:15h
Seg, 26 fev às 22:15h


06:30

Alma Imoral - Episódio Ruptura e Território

 •  2017  •  Livre  • 


De Silvio Tendler

Para o texto bíblico, a linhagem feminina é que tem o protagonismo na traição. Eva, Sara, Rute e as filhas de Lote rompem com as tradições para perpetuar a espécie. Assim, o filho messiânico nasce não do cumprimento das leis, mas da sua transgressão. Neste episódio de “Alma Imoral”, transitamos no campo das rupturas através da arte e da espiritualidade.

Próximas Exibições:
Seg, 26 fev às 22:15h
Seg, 26 fev às 22:15h
Seg, 26 fev às 22:15h


07:30

Arquitetos - Episódio MMBB

 •  2017  •  Livre  •  SP


De Herbert Henning

MMBB é um escritório de São Paulo que tem tido uma atuação destacada desde a sua origem, no início ligada a mestres da arquitetura paulista como Eduardo de Almeida e Paulo Mendes da Rocha, com quem desenvolveram uma longeva parceria. A arquitetura mais autoral do escritório se destaca por uma combinação entre o objeto arquitetônico, o raciocínio da infraestrutura e edifícios de habitação social. Eles combinam e tratam com muita precisão e rigor espaços de elegância e de marcada eficiência, e fazem da obra do escritório algo rico no panorama contemporâneo.

Próximas Exibições:
Seg, 26 fev às 22:15h
Seg, 26 fev às 22:15h
Seg, 26 fev às 22:15h


08:00

1968 - O Despertar - Episódio A Onda

 •  2018  •  Livre  • 


De Don Kent

As revoltas globais que se espalharam pelo planeta em 1968. No Brasil, o regime militar instaurado em 1964 é contestado pela juventude em protestos na rua ou em organizações clandestinas. A Revolução Cubana é uma inspiração para os movimentos que se espalham pela América Latina e pela África, onde Che Guevara tenta exportar a revolução. Manifestações em toda a Europa são reprimidas duramente.

Próximas Exibições:
Seg, 26 fev às 22:15h
Seg, 26 fev às 22:15h
Seg, 26 fev às 22:15h


09:00

Amazônia Eterna

 •  2012  •  Livre  •  RJ


De Belisario Franca

A Floresta Amazônica é hoje um imenso laboratório de experiências sustentáveis que revelam uma nova relação entre homens, corporações e este patrimônio natural imprescindível para a vida no planeta. Lá estão nascendo as diretrizes de um novo modelo econômico mundial: a economia verde. Mas quanto valem os serviços que esta commoditie invisível presta para a humanidade?

Próximas Exibições:
Seg, 26 fev às 22:15h
Seg, 26 fev às 22:15h
Seg, 26 fev às 22:15h


10:30

Depois da Primavera

 •  2021  •  14 anos  •  RJ


De Pedro Rossi, Isabel Joffily

Os irmãos sírios Adel e Hadi Bakkour vão às ruas do Rio de Janeiro lutar pela democracia no país onde escolheram viver. É a história se repetindo - há alguns anos, precisaram deixar a Síria, tomada pela resposta violenta do governo ditatorial aos protestos que pediam por uma abertura democrática. Seis anos após a partida dos irmãos, a família se reencontra em um Brasil em transformação.

Próximas Exibições:
Seg, 26 fev às 22:15h
Seg, 26 fev às 22:15h
Seg, 26 fev às 22:15h


12:00

Eletronica:Mentes

 •  2019  •  Livre  •  SP


De Dácio Pinheiro, Denis Giacobelis, Paulo Beto

“ELETRONICA: MENTES” investiga o processo criativo e as reflexões de músicos brasileiros que utilizam equipamentos eletrônicos em suas composições. Quando se fala em música eletrônica a grande maioria das pessoas visualizam o ambiente das pistas de dança. No entanto, a linguagem musical desenvolvida a partir de equipamentos tecnológicos faz parte da cultura pop global desde o início do século passado. Na década de 1960, os pioneiros Jocy de Oliveira e Jorge Antunes iniciaram seus primeiros experimentos eletrônicos, em busca de novas interpretações sonoras. Ao longo das décadas, o avanço tecnológico barateou o acesso a equipamentos, ampliou os horizontes e criou diferentes formas de se pensar e executar música eletrônica no Brasil.

Próximas Exibições:
Seg, 26 fev às 22:15h


13:30

O Povo Brasileiro - Episódio Encontros e Desencontros

 •  2001  •  10 anos  •  SP


De Isa Grinspum Ferraz

Este programa será dedicado ao tema da gestação étnica de um povo novo - o povo brasileiro -, configurando-se num processo de mestiçagem permanente, desde o momento em que o primeiro europeu passou por aqui. De saída, a mistura luso-ameríndia. Os náufragos e degredados gerando filhos mestiços nas redes ou "inis" das cunhãs tupinambás. Nascem assim os mamelucos ou brasilíndios, espraiando-se por todo o litoral brasílico, para militar nas "bandeiras" ou formar núcleos habitacionais na orla marítima do Rio de Janeiro ou do Maranhão. Em seguida, os cruzamentos entre portugueses e negros e entre negros e índios. São os mulatos e cafuzos que vão se multiplicando pelo território conquistado ou em vias de conquista. Tais mestiços já não eram brancos, nem índios, nem negros. "O brasilíndio como o afro-brasileiro existiam numa terra de ninguém, etnicamente falando, e é a partir dessa carência essencial, para livrar-se da ninguendade de não-índios, não-europeus e não-negros, que eles se vêem forçados a criar sua própria identidade étnica: a brasileira", sustenta a tese central de Darcy Ribeiro. Do plano físico ao espiritual, define-se aí de fato, e desde os primeiros tempos coloniais, a personalidade do Brasil como sociedade mestiça e sincrética dos trópicos, distinta das matrizes que lhe deram origem.

Próximas Exibições:
Seg, 26 fev às 22:15h


14:00

Cale-se - Episódio A Voz Feminina

 •  2015  •  Livre  • 


De Marcus Fernando

O quarto e último episódio sobre MPB da série convida nomes como Joyce e Fátima Guedes a relembrarem o cenário da censura musical sob a ótica feminina. Joyce fala sobre o caso da sua música “Eternamente grávida”, citando exemplos de palavras que não foram admitidas pelo regime. Ivan Lins explica que, durante os Anos de Chumbo, os artistas acabaram polarizados entre engajados ou adesistas. Ele comenta o caso da música “O amor é meu país”, de 1970, que fez com que o compositor fosse taxado de ufanista e acabasse sofrendo uma outra censura. O pesquisador Ricardo Cravo Albin conta de sua atuação em defesa da liberação das canções no Conselho Superior da Censura, uma espécie de segunda instância que reunia membros do governo e da sociedade civil. Zé Luiz Mazziotti e Fátima Guedes relembram a canção “Mestre Salas dos Mares”.

Próximas Exibições:
Seg, 26 fev às 22:15h
Seg, 26 fev às 22:15h


14:30

O Som e o Silêncio - Episódio Viola caipira

 •  2018  •  Livre  •  RJ


De José Joffily, Pedro Rossi

No estúdio com Marcos Suzano, Ricardo Vignini celebra o dia que caiu no blues e se deu conta de que sua vó já falava dessas coisas e que ele vinha desse universo: “E quando escutei um ponteado pensei: esse cara é roqueiro”. Luís Armando Domingues, ou Nenê, seu luthier e parceiro na busca do som ideal com a viola caipira, reforça: “É ruim de falar, mas eu gosto é de raiz, caipira verdadeiro, né?”. A dobradinha músico/ luthier vem se consolidando com os anos. Entre uma toada e outra, acompanhado por Suzano, Vignini fala do início da parceria: “Ele chegou a assistir uns shows meus... Quando cheguei lá, ele me deu uma viola com um formato muito interessante: ‘Toma, essa viola é para você’”. Na sua oficina, em Pouso Alegre, MG, Nenê garante: “Meu instrumento tá nesse nível aí porque escuto as pessoas que tocam. Se você ouve o outro, vai somar alguma coisa”.

Próximas Exibições:
Seg, 26 fev às 22:15h


15:00

Todas as Melodias

 •  2020  •  Livre  •  RJ


De Marco Abujamra

"Luiz Melodia tem música até no nome. Assimilou uma musicalidade que absorve vários estilos e criou uma forma muito particular de composição. Através de shows memoráveis, entrevistas com pessoas importantes na vida do músico e contando com a participação do biografado de forma espontânea, apresentaremos a trajetória deste artista que carrega um estilo inquieto, elegante, sofisticado e carismático.

Próximas Exibições:
Seg, 26 fev às 22:15h


16:30

Damas do Samba

 •  2015  •  10 anos  • 


De Susanna Lira

O filme provoca uma reflexão sobre o papel da mulher no samba. Mulheres que são pastoras, compositoras, passistas, musas, tias, intérpretes e muitas outras mulheres que fazem parte da construção de uma identidade nacional mestiça. Uma retrospectiva na trajetória do samba ao longo da história com enfoque no papel das mulheres em sua construção e composição.

Próximas Exibições:
Seg, 26 fev às 22:15h


18:00

Design Gráfico Brasileiro - Episódio Têxtil - Textura das Cores

 •  2015  •  Livre  • 


De André Saad Jafet, Jorge Saad Jafet

O design têxtil é umas das vertentes mais antigas do design, tendo seu início na tecelagem e ornamentação dos tecidos. O episódio mostra alguns dos criadores mais férteis do design gráfico têxtil brasileiro, suas influências e ideias acerca da atividade, passando da incrível renda em papel de Jum Nakao à inventividade e mescla de referências de Renato Imbroisi em busca da verdadeira matriz brasileira.


19:00

Estados da Arte - Episódio Negro

 •  2017  •  Livre  •  RJ


De Eduardo Goldenstein

A matriz africana e seus desdobramentos na arte contemporânea brasileira. Releituras, ressignificações e antropofagia. Aderbal Ashogun, o artista-sacerdote que promove e defende a cultura afro-brasileira. Arjan Martins e a narrativa pictórica e poética do tráfico negreiro. Tiago Sant´Ana apresenta o sincretismo no Recôncavo Baiano. Ronal Duarte propõe o encontro da arte com o ritual. Paulo Nazareth, artista-andarilho em busca da afirmação de uma identidade negra e latino americana. Michelle Mattiuzzi expõe e problematiza seu corpo negro feminino.


19:30

Grandes Mitos: A Odisseia - Episódio A cicatriz do Rei

 •  2020  •  14 anos


De François Busnel

Os pretendentes, informados por Melantho - um dos servos de Penélope - descobriram que a rainha os havia enganado. Eles a trancaram no gineceu. Enquanto isso, Odisseu encontra Atena, que lhe diz que ele está de fato em Ítaca. Mas Odisseu pede que ela fique em silêncio.


20:00

Matizes do Brasil - Episódio Djanira

 •  2020  •  Livre  •  RJ


De Bianca Lenti

Um dos principais nomes da segunda fase do Modernismo brasileiro, Djanira foi pintora, desenhista, ilustradora, cartazista, cenógrafa e gravurista. Dedicou boa parte de seu trabalho ao registro de costumes, personagens e paisagens do Brasil, convertendo-se em uma das maiores cronistas visuais do país. Neste episódio de Matizes do Brasil, seu legado é relembrado e comentado por críticos e curadores como Frederico Morais, Isabella Rjeille e Mônica Xexéo. Eles descrevem, enquanto analisam algumas das obras da artista, porque o trabalho de Djanira oferece uma combinação equilibrada entre a tendência à racionalização geométrica da arte moderna e a intenção de absorver a liberdade da arte popular.


20:30

Alma em Madeira - Episódio Ricardo Graham

 •  2021  •  Livre  • 


De Barbara Heckler

O designer Ricardo Graham se denomina ebanista - ele desenha e produz móveis com as próprias mãos. Trocou a praia do Rio de Janeiro pelo verde das montanhas da região serrana do estado. Lá vive com sua família, seus cachorros e trabalha na oficina em que produz a cadeira Três Pés, entre outras peças que figuram em revistas de design no Brasil e no exterior.


21:00

Onde Nascem as Ideias - Episódio Mana Bernardes

 •  2019  •  Livre  • 


De Carolina Sá

O episódio acompanha a designer e poeta Mana Bernardes ao longo do processo de fabricação e construção de algumas de suas obras. A diretora Carolina Sá e sua equipe, registra a personagem durante a elaboração de sua linha de objetos numa fabrica de vidros em Curitiba, a montagem de uma Merkabah, estrutura de bambu, exposta numa praça pública no Rio de Janeiro, além de uma conversa íntima sobre design, poesia, joias e alimentação. Com trilha original do músico Marcelo Jeneci, o episódio faz um recorte poético da trajetória de vida e da arte de Mana Bernardes.


21:50

Di Cavalcanti - Entre Tempos e Lirismos

 •  2022  •  Livre  •  SP


De Marcela Akaoui

Di Cavalcanti compôs a história da arte brasileira com mais de 50 anos de produção. Fez parte do primeiro Modernismo, colocando o povo em suas pinturas, desenhos e murais, fudamentados em uma expressão contundente e lírica. O documentário aborda sua vida e obra, a partir de diferentes olhares, destacando sua importância até os dias de hoje.


22:20

Bernardes

 •  2013  •  12 anos  •  RJ


De Gustavo Gama Rodrigues, Paulo de Barros

Com narrativa não linear, o filme aborda de forma contundente e clara a polêmica vida profissional e familiar do arquiteto, urbanista, designer, escritor, poeta e inventor, Sergio Bernardes. Um homem de personalidade afiada e corajosamente inventiva, questionadora e extremamente bem-humorada.

Próximas Exibições:
Seg, 26 fev às 22:15h