6 Episódios | Duração média dos eps. 21 min.

A série "Por que a gente é assim?" quer perguntar sobre os valores que norteiam as escolhas dos brasileiros. Mais do que concordar ou discordar, "Por que a gente é assim?" quer contar histórias reais que envolvem temas como Educação, Fé, Consumo, Preconceito e, a partir daí, estimular a reflexão. A coordenação editorial do projeto fica a cargo do jornalista e escritor Arthur Dapieve. Num esforço de representar melhor as visões do Brasil e do brasileiro, a série contou com documentaristas, grupos de teatro e blogueiros selecionados, de diversas partes do país.

Compartilhar
Trecho disponível
Consumo | 1
As necessidades e consequências do consumo em pauta: o impacto dos anúncios sobre as pessoas, as diversas formas de se gastar dinheiro, o percurso de uma garrafa d´água a partir do momento em que ela é jogada na rua.
Trecho disponível
Sexo | 1
Entre outros, Arthur Dapieve recebe as médicas Lêda Gama Bravo e Marília Grabois, a atriz e poetisa Elisa Lucinda, a escritora Antonia Pellegrino e o proprietário de sex shop Ralf Furtado para uma conversa sobre sexo.
Trecho disponível
| 1
A discussão gira em torno das diferenças entre religião, fé e as inúmeras crenças existentes. Os remanescentes de um credo no interior da Paraíba. O universo dos evangélicos. A opinião sobre os cultos indígenas.
Trecho disponível
Educação | 1
Um retrato da educação no país. Apresentando Sala Escura (2010), de Luiz Ferraz e Guilherme Aguilar; Na Canoa para Aprender (2011) de Bruno Assis e por fim, Os Animais (2011),de Gustavo Beck e Ernesto Gougain.
Trecho disponível
Autoridade | 1
As relações de poder na sociedade é o tema. Feudos da República (2011), de Kleber Bechara; Como Pular a Cerca (2010), de Ines Linke e Louise Ganz e Limite do Ideal (2011), de Thiago Briglia, são os curtas analisados.
Trecho disponível
Preconceito | 1
O ator Pedro Monteiro, A Doutora em Educação Beatriz Cardoso e o professor Henrique Cukierman debatem as várias formas de preconceito a partir de três filmes: Caio André (2011), Coloridos (2011) e Terreno Baldio (2010).