8 Episódios | Duração média dos eps. 52 min.

A série documental “Geografia da Arte” analisa oito casos em que nomes conhecido das artes plásticas, da moda e da dança foram influenciados por locais específicos que se tornaram referência em suas obras em determinados momentos. Cada programa destaca um aspecto e período específico de um artista, incluindo nomes como Henri Cartier-Bresson, Donald Judd, Keith Haring, Georgia O’Keeffe e outros.

Compartilhar
Trecho disponível
Donald Judd + Marfa
No auge da fama, Donald Judd se isolou em Marfa, uma cidade remota no deserto do Texas. Lá, construiu uma utopia e transformou o local em uma meca das artes, apesar do ambiente inóspito.
Trecho disponível
Tadao Ando + Naoshima
O arquiteto Tadao Ando desenhou museus e prédios considerados obras de arte na pacata ilha de Naoshima. Ao combinar arte e natureza, Tadao desenvolveu uma intensa relação com o lugar.
Trecho disponível
Georgia O´Keeffe + Novo México
A história do amor de Georgia O’Keeffe pelo Novo México durou mais de 40 anos. A paisagem desértica e a cultura indígena norte-americana mudaram a vida de uma das maiores pintoras americanas do século XX.
Trecho disponível
Keith Haring + Bahia
Haring viajou e trabalhou ao redor do mundo, mas foi em uma praia na Bahia que encontrou a mudança de ritmo que precisava. O artista passou temporadas em Serra Grande que influenciaram muito o seu trabalho.
Trecho disponível
Yves Saint-Laurent + Marrakech
Um retrato do amor do estilista pelo paraíso marroquino, onde mantinha o Jardin Majorelle, seu lugar preferido no mundo, e onde suas cinzas foram espalhadas. A história é contada por seu companheiro Pierre Bergé e amigos
Trecho disponível
Ragnar Kjartansson + Islândia
Sensação no mundo da arte contemporânea, o islandês Ragnar Kjartansson se prepara para abrir a primeira retrospectiva do seu trabalho em sua cidade natal de Reykjavík.
Trecho disponível
Henri Cartier-Bresson + Índia
Após fundar a agência Magnum, Cartier-Bresson viajou para Índia e tirou as últimas fotos de Gandhi, um dia antes de sua morte. Apaixonado pela cultura local, o fotógrafo retornaria muitas vezes ao país.
Trecho disponível
Pina Bausch + Nova York
Pina Bausch teve uma relação especial com Nova York, onde estudou e começou sua carreira profissional, colaborando também com alguns dos mais importantes coreógrafos americanos.