6 Episódios | Duração média dos eps. 26 min.

Série de documentários sobre imagens distorcidas, memórias fabricadas e responsabilidades ocultas. A verdadeira postura do Brasil diante do terror do nazismo e o alcance de sua ideologia que influenciou algumas políticas públicas nacionais.

Compartilhar
Trecho disponível
Der Amerikaner | 1
Sinopse: O que determina a nacionalidade de um indivíduo: o sangue ou a terra? No caso do jovem Gingo, nascido em São Paulo em 1925, filho de imigrantes alemães que chegaram ao Brasil depois da Primeira Guerra, a identidade nacional sempre foi questão espinhosa. E, por ter duas pátrias, ganha o apelido de "Der Amerikaner". Gingo viaja para a Alemanha com seus pais para uma visita familiar. Mas a guerra estoura poucos dias depois, e eles são obrigados a permanecer na Alemanha. O garoto, menor de idade, não pode ainda se alistar. Mas se vê forçado a ingressar na Juventude Hitlerista e a receber treinamento para eventuais combates. Ele é apenas um entre centenas de brasileiros que combateram pelas tropas de Hitler. Mas Gingo não se identifica com os ideais nazistas.
Trecho disponível
Sobre Heróis e Párias | 1
Sinopse: Jovens pracinhas passam por situações de risco durante a guerra. No início dos anos 40, o jovem negro Amynthas Pires de Carvalho, de Nova Lima, Minas Gerais, sentia que o mundo estava em suas mãos. Assistia com curiosidade ao desenvolvimento do Estado Novo de Getúlio Vargas, debatendo a personalidade carismática do presidente com o pai, admirador do ditador, todas as noites. O 1º Escalão da Força Expedicionária Brasileira embarcou quase dois anos depois da convocação dos jovens, em 29 de junho de 1944, e seguiu para a Itália fascista após dias de espera no navio norte-americano General Mann. No navio, Amynthas anotava cada acontecimento em seu diário. Pouco depois, o pracinha foi capturado pelas tropas alemãs. Ao retornarem ao Brasil, em 1945, ninguém se preocupou com a recuperação psicológica dos soldados brasileiros. Sem apoio do Estado, vistos com preocupação pela ditadura de Vargas e hostilizados pela sociedade, assistiram à precoce desmobilização das forças da FEB e foram devolvidos à própria sorte pelo governo.
Trecho disponível
O Anjo de Hamburgo | 1
Sinopse: O episódio narra a história de Aracy Guimarães Rosa. Mulher corajosa que driblou os protocolos da diplomacia brasileira, e conseguiu vistos e passaportes para centenas de refugiados judeus, salvando-os da carnificina nazista. Por seus atos de heroísmo, ficou conhecida como "O Anjo de Hamburgo". Em 1934, Aracy põe fim ao casamento protocolar com Johan Von Tesse e enfrenta o preconceito da sociedade da época. Embarca com o filho para Alemanha, onde vai morar com a tia. No ano seguinte, recorre ao então ministro das Relações Exteriores, Macedo Soares, com quem consegue uma vaga no setor de vistos e passaportes do Consulado Brasileiro. No emprego, Aracy conhece João Guimarães Rosa, com quem vive intensa paixão até a morte do escritor, em 1967. O relacionamento dos dois não atrapalha as ações "clandestinas" de Aracy, que faz o possível para facilitar a saída dos judeus da Alemanha: além dos vistos e das falsas declarações de residência, ela chega a esconder judeus em sua própria casa e a transportá-los pessoalmente em carro até cruzarem a fronteira germânica. Em 1942, o Brasil entra oficialmente na Guerra contra o Eixo e o Consulado Brasileiro de Hamburgo é fechado. Aracy e Rosa, ao lado de todo o corpo diplomático, ficam detidos no balneário de Baden-Baden por quatro meses, até serem trocados por diplomatas alemães no Brasil.
Trecho disponível
A Travessia | 1
Sinopse: A luta da família Moser para sobreviver e escapar das atrocidades nazistas foi digna de uma Odisseia grega. Judeus de aparência alemã, Herta e Max assistiram à escalada de Hitler sem feridas fatais, mas suas cicatrizes emocionais são profundas. Entre os 30 mil judeus detidos por conta da "Noite dos Cristais", quando milhares de judeus foram arbitrariamente detidos pelas forças hitleristas, está Max Moser. A partir da prisão do marido, Herta busca, incansavelmente, uma forma de libertar Max do cárcere nazi e fugir da Alemanha com o filho de dois anos, Peter. O Brasil surge como a terra prometida para Herta, já que sua irmã, Else, e seu pai já tinham encontrado refúgio em solo brasileiro. Mas ao tentar obter um visto na Embaixada de Berlim, Herta encontra indiferença - sequer é recebida pelo cônsul. Informada de que Max seria libertado caso apresentassem vistos e passagens para outro país no intervalo de quatros semanas, Herta consegue solicitar o visto brasileiro na embaixada de Viena. Após vender os pertences da família, compra passagens para Xangai e, junto ao marido, parte com filho Peter para a China, onde aguardam a liberação do visto brasileiro. A espera é angustiante e cansativa, assim como a viagem de navio para o Brasil, na qual Peter é acometido pelo sarampo. Depois da exaustiva viagem, Max, Herta e Peter chegam sãos e salvos ao porto do Rio, em maio de 1939. Mesmo com o alento dos parentes residentes no Brasil e dos novos amigos, um novo desafio espera os Moser: adaptar-se e se estabilizar na tão prometida terra brasileira.