Object reference not set to an instance of an object.

Resultados de busca
Estes são os 4 títulos encontrados com Vicente Kubrusly na ficha_tecnica.
Para ver resultados por outros critérios, refine sua busca usando a ferramenta à direita:
ficha_tecnica (4)
Vídeos que você pode assistir online: trechos de obras ou na íntegra
Trecho disponível
Pierre Fatumbi Verger: O Mensageiro entre dois mundos | 1
Sinopse: Documentário sobre a vida e obra do fotógrafo e etnógrafo francês Pierre Verger. Narrada e apresentada por Gilberto Gil, a produção foi dirigida por Lula Buarque de Hollanda e mostra como, após viajar ao redor do mundo como fotógrafo, Pierre Verger radicou-se em Salvador da Bahia em 1946. Foi onde passou a estudar as relações e as influências culturais mútuas entre Brasil e o Golfo do Benin, na África, debruçando-se nas pesquisas sobre o candomblé.
Trecho disponível
Paralamas em Close-up | 1
Sinopse: O grupo ´Paralamas do Sucesso´, formado por Herbert Vianna, João Barone e Bi Ribeiro, convida para uma viagem pela história do rock brasileiro, explorando as raízes do gênero musical no Brasil. O especial, dirigido por Andrucha Waddington, Breno Silveira e Claudio Torres, reúne entrevistas e "canjas" de artistas como Jorge Ben Jor, Evandro Mesquita, Roberto Frejat, Kid Abelha, Roger e Arnaldo Antunes.
Trecho disponível
Amyr Klink - Mar sem Fim | 1
Sinopse: O documentário ´Amyr Klink - Mar Sem Fim´, dirigido por Breno Silveira, retrata a viagem empreendida por Amyr Klink durante a realização do projeto Antártica 360º, uma das maiores expedições marítimas em solitário. Conhecido por suas expedições arriscadas, Klink realiza, em 1998, um trajeto ao redor do mundo, circunavegando a Antártica durante 141 dias ao mar. Amyr Klink foi a primeira pessoa a realizar esse percurso, e o fez a bordo de um veleiro.
Trecho disponível
Filhos de Gandhy | 1
Sinopse: Com direção de Lula Buarque de Hollanda e filmado em Super 16 mm, o filme conta a história do grupo de afoxé Filhos de Gandhy, que em 1999 completou 50 anos. O grupo desfila desde 1949 nas ruas de Salvador, durante o Carnaval, tendo como bandeira os ideais pacifistas do líder político indiano Mohandas Gandhi (1869-1948), o Mahatma (a grande alma). Na verdade, quando surgiu, o bloco funcionou como palanque, uma forma de burlar a então proscrição do Partido Comunista Brasileiro, determinada em 1948.