Segunda-feira, 21 de Maio de 2018


00:00

As Canções da Minha Vida - Episódio Leo Jaime

Documentário201526minBrasilLivreRJ


De Bruno Levinson

Leo Jaime nos conta que no início de tudo tinha um tio que andava de lambreta em Goiânia e com ele ouvia Jovem Guarda e o que chegava de rock estrangeiro no Brasil. "A música foi o caminho que encontrei para me comunicar melhor, me relacionar melhor com as pessoas." Juntando texto e melodia, mensagem e simplicidade de cantar, Leo interpreta "Rock das Cachorras", de Eduardo Dusek, "Sentado a Beira do Caminho" de Roberto e Erasmo Carlos, "Cartão Postal" da Rita e Paulo Coelho e "Almost Blue" de Elvis Costello.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h


00:30

Luz & Sombra - Fotógrafos do Cinema Brasileiro - Episódio Breno Silveira - Cinema de Lágrimas

Documentário201652minBrasilLivreRJ


De Betse de Paula, Jacques Cheuiche

Fotógrafo e diretor, Breno Silveira despertou atenção logo na sua estreia em longas-metragens como diretor de fotografia do filme Carlota Joaquina (1995), de Carla Camurati. Carioca de 1964, formado na École Louis Lumière de Paris, já trabalhou em mais de 20 filmes de longa-metragem como assistente ou como diretor de fotografia. Estreou na direção com Dois Filhos de Francisco, o filme mais visto no país em 2005 com mais de cinco milhões de espectadores.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h


01:30

Pensamento Contemporâneo - Episódio Ecos de Maio de 1968

Documentário201130minBrasilLivreSP


De Hermes Leal

Documentário sobre as questões filosóficas da sociedade de controle e crise sobre o atual estágio do pensamento francês do final do século XX, em especial as obras de Michel Foucault, Gilles Deleuze e Jacques Derrida, sobre a ótica dos filósofos franceses Guillaume Le Blanc e Pierre Zaoui. O documentário faz uma avaliação do que restou, nos dias de hoje, do pensamento francês de vanguarda do final do século XX como instrumento de explicação e intervenção na realidade social. E mostra que estar fora das normas é o mesmo que se tornar invisível na sociedade atual.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h


02:00

Quem se Importa - Episódio Banco de Alimentos

Documentário201730minBrasilLivreSP


De Mara Mourão

Fundado em 1998 a partir da iniciativa civil e pioneira da economista Luciana C. Quintão, o Banco de Alimentos é uma associação civil que atua com o objetivo de minimizar os efeitos da fome e combater o desperdício de alimentos, permitindo que um maior número de pessoas tenha acesso a alimentos básicos e de qualidade - e em quantidade suficiente - para uma alimentação saudável e equilibrada. Os alimentos distribuídos são excedentes de comercialização e produção, perfeitos para o consumo. Luciana coleta o excedente de alimentos em fazendas, supermercados ou empresas e o redistribui por organizações sociais. A distribuição possibilita a complementação alimentar a todas as pessoas assistidas pelas mais de 40 instituições cadastradas no projeto, ou seja, mais de 22 mil pessoas por mês. Para que a ONG Banco de Alimentos consiga alcançar seus objetivos, trabalha de maneiras distintas e interligadas: fornece alimentos através do combate ao desperdício e promove ações educativas e profiláticas voltadas às comunidades atendidas.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h


02:35

Impressões do Mundo - Episódio Jean Claude Carrière - A linguagem da escrita

Documentário201623minBrasilLivreDF


De Ronaldo Duque

Jean Claude Carriere é escritor, roteirista, dramaturgo e ensaista. Trabalhou como roteirista dos principais cineastas do mundo: Buñuel, Godard, Louis Malle, Milos Forman, Carlos Saura, Andrzej Wajda e Hector Babenco e adaptou para o teatro o épico indiano, o Mahabharata. Mestre da escrita, até hoje ministra aulas pelo mundo afora. Neste episódio, Jean Claude Carrière nos conta as diferenças de linguagem de escrita nos seus mais diversos ramos de atuação.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h


03:05

Latitude, Longitude - Episódio Os encantos da Ilha da Magia

Documentário201626minBrasilLivreRJ


De Belisario Franca

Por que Florianópolis é chamada de Ilha da Magia? Quem ajuda o Latitude, Longitude a contar essa história é a Dona Bilica, típica manezinha da ilha, personagem da atriz Vanderleia Will. Do picadeiro do circo que leva seu nome, Bilica conduz o episódio pela herança açoriana de Floripa, em uma narrativa cheia de encantos. O episódio mostra um antigo engenho de farinha de mandioca que ainda hoje funciona à base de tração animal; conhece o universo dos fazedores da renda de bilro, incluindo um ateliê que usa a renda como mote de suas peças de cerâmica; e vai até o mercado público conhecer melhor o ofício e o jeito brincalhão de seus feirantes.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h


03:35

Mobilis - Episódio Trilhos Urbanos

Documentário201826minBrasilLivreSP


De Tide Gugliano Com Pedro Vicente

Qual a relação dos trilhos urbanos com o imaginário da comunidade? Como os trens e o metrô influenciam a cultura urbana? Um exemplo é o caso da origem do movimento Hip Hop brasileiro, nos anos 80, quando a primeira linha do metrô na cidade de São Paulo ligou a periferia ao centro como nunca se tinha ligado antes, possibilitando um encontro das periferias que está na raiz do movimento cultural. Sem esse encontro, existiria uma história do Hip Hop brasileiro?

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h


04:05

Grandes Mitos Gregos - Episódio Afrodite - Sob a Lei do Desejo

Documentário201526minFrançaLivre


De François Busnel

Afrodite nasceu de uma união muito incomum. Ela inspirou, na mesma medida, o amor romântico e a atração física. Afrodite era uma magnífica deusa. Zeus a casou com Hefesto, o deus coxo. Mas Afrodite logo escolheu um amante - o deus da guerra, Ares. Ninguém resistia à deusa Afrodite, que era motivo de muito ciúme no Olimpo. Um dia, Eris, a deusa da discórdia, jogou uma maçã entre Atena, Afrodite e Hera. Nela estava escrito "para a mais bela". A tarefa de escolher entre as três deusas foi dada a um jovem pastor, Paris. A decisão dele desencadeou uma guerra que duraria dez anos: a célebre Guerra de Troia.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h


04:35

Filmes que Marcaram Época - Episódio O Pequeno Mundo de Don Camillo

Documentário201352minFrança12 anos


De Hubert Niogret

Julien Duvivier filmou "O Pequeno Mundo de Don Camillo" em 1952. Logo depois da Segunda Guerra Mundial, em um vilarejo italiano em Emilia-Romagna, o padre Don Camillo e o prefeito comunista Peppone brigavam pela volta de seus eleitores. Antes unidos pela Resistência, eles tornaram-se inimigos políticos que algumas vezes se unem por causas e interesses comuns. Nesta comédia social, parte farsa, parte sátira, Julien Duvivier lançou o genial Fernandel e o fez conversar com Jesus. Com 12 milhões de ingressos vendidos, o filme fica entre os maiores sucessos do pós guerra. Don Camillo e Peppone representam as duas faces da Itália no final da década de 40, dividida entre dois blocos principais de Católicos e Comunistas. Suas interações dramáticas, mas bem humoradas, refletem as tensões pós guerra de reconstrução e o começo da Guerra Fria. O Filme foi lançado em uma época em que a Itália passava por uma grande recuperação econômica. Em 1952, Julien Duvivier tinha 56 anos e já tinha uma longa carreira, que começou no cinema mudo. Junto com Marcel Carné e Jean Renoir, ele sintetizou o cinema francês do período entre guerras e fez várias obras-primas como "Pinga Fogo", "Camaradas" e "O Demônio da Algéria". Em 1953, ele filmou a segunda parte das aventuras de Don Camillo para a grande tela.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h
Sex, 13 jul às 19:00h


05:35

Revista Curta! - Episódio 161ª edição | 20/05/18

201815minBrasilLivreRJ


Com Maria Augusta Ramos, Regina Zappa, Luiza Lian, Ernesto Soto, Oskar Metsavaht

A estreia nos cinemas do documentário de Maria Augusta Ramos sobre o impeachment de Dilma Roussef; nos 50 anos de maio de 68, o relançamento do livro "1968: Eles só queriam mudar o mundo"; o perfil da nova galeria de arte carioca Studio OM.Art e a relação do novo álbum de Luiza Lian com a projeção e a performance.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h
Qui, 24 mai às 19:45h


06:00

Pensamento Contemporâneo - Episódio Ecos de Maio de 1968

Documentário201130minBrasilLivreSP


De Hermes Leal

Documentário sobre as questões filosóficas da sociedade de controle e crise sobre o atual estágio do pensamento francês do final do século XX, em especial as obras de Michel Foucault, Gilles Deleuze e Jacques Derrida, sobre a ótica dos filósofos franceses Guillaume Le Blanc e Pierre Zaoui. O documentário faz uma avaliação do que restou, nos dias de hoje, do pensamento francês de vanguarda do final do século XX como instrumento de explicação e intervenção na realidade social. E mostra que estar fora das normas é o mesmo que se tornar invisível na sociedade atual.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h


06:40

Ofício da Palavra - Episódio Cristóvão Tezza

Documentário201726minBrasilLivreMG


De Rodolfo Magalhães Com Cristóvão Tezza

Este episódio fala sobre a carreira e a obra do romancista e professor Cristóvão Tezza, que nasceu em Lages, SC. Catarinense de nascimento e curitibano por opção, fez da capital paranaense o pano de fundo ideal para seus romances. Escritor "tardio", seus livros são marcados pela sobriedade da escrita e pelas tramas criativas e têm ganhado diversos elogios da crítica. Ao longo do episódio Cristovão Tezza fala sobre o ofício da palavra, o primeiro romance - "Gran Circo das Américas" - a publicado em 1979 em uma edição regional, a profissão de professor de língua portuguesa como ganha pão que o permitiu escrever livros, a literatura se fundamenta na própria experiência, o processo criativo que começou aos 15 anos de idade, a busca pelo humor e pela ironia, As fontes em Júlio Verne, Monteiro Lobato, literatura inglesa, sul africana, Milton Hatoume Bernardo Carvalho, temas como família e solidão como fantasmas que o perseguem ao longo da vida, a literatura urbana, a influência do filho com síndrome de down em sua vida, a influência da internet e das novas mídias na palavra escrita, além de litura de trechos de seu livro "O Filho Eterno".

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h


07:10

Mish Mash - A Presença Judaica no Brasil - Episódio Literatura

Documentário201626minBrasilLivrePE


De Tatiana Toffoli Soares, Liana Schnaider, Pedro Barbieri Gorski

"A pátria do judeu é o livro", diz a escritora Noemi Jaffe. Filha de judeus vindos da Iugoslávia, ela resgata a história de sua família, que sobreviveu aos horrores da guerra. Um esforço que se estende à sua obra, onde também está presente a questão do holocausto. Outro personagem desse episódio, Jacó Guinsburg, dono da editora Perspectiva, fala sobre a infância no Bom Retiro, o envolvimento com política, o papel da literatura, sua carreira como crítico, professor e editor - trabalho que tem contribuído com a preservação da cultura judaica e a difusão, no Brasil, de obras fundamentais e de vanguarda.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h


07:45

Revista Curta! - Episódio 160ª edição | 15/05/18

201815minBrasilLivreRJ


Com Lucas Viriato, Heloí­sa Passos, Cia. dos Atores, Cordel do Fogo Encantado

A estreia nos cinemas do filme “Construindo Pontes”, de Heloísa Passos; uma viagem à Índia e ao Nepal descrita em versos nos novos livros do poeta Lucas Viriato; a peça “Insetos” da Cia. dos Atores e a volta aos palcos da banda Cordel do Fogo Encantado.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h


08:00

Mestres da Literatura - Episódio Mário de Andrade

Documentário200128minBrasilLivre


De Hilton Lacerda

Mário de Andrade: na vanguarda do modernismo brasileiro.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h


08:40

Imortais da Academia - Episódio Cadeira 12: Tão diferentes de nós mesmos quanto dos outros

Documentário201726minBrasilLivre


De Belisario Franca

Com a difícil missão de encontrar um elo entre os imortais que emprestam seus nomes à cadeira de número 12 da Academia Brasileira de Letras, o atual ocupante do posto, o renomado crítico literário Alfredo Bosi, recorreu ao duque francês La Rochefoucauld, que disse: "Somos às vezes tão diferentes de nós mesmos quantos dos outros". A Citação foi feita no discurso de posse na ABL, em 2003. Neste episódio da série Imortais da Academia, acadêmicos e estudiosos da literatura brasileira fazem um passeio pela genealogia da cadeira 12, debruçando-se sobre o legado do comediógrafo França Junior, do folhetinista Urbano Duarte e, claro, do crítico Alfredo Bosi.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h


09:10

O Duplo

Ficção201225minBrasilLivreSP


De Juliana Rojas

Silvia é uma jovem professora. Certo dia, sua aula é interrompida quando os alunos veem seu duplo pela janela. Ela tenta ignorar a aparição, mas o evento perturbador passa a impregnar seu cotidiano e alterar sua personalidade.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h
Qui, 28 jun às 21:00h


09:35

Bruta Aventura em Versos

Documentário201174minBrasilLivreRJ


De Letí­cia Simões

Ícone da poesia marginal dos anos 1970 no Rio, Ana Cristina Cesar se matou em 1983, aos 31 anos, deixando inúmeros leitores e adeptos. Ela criou versos, traduziu poemas e contos, pesquisou sobre cinema e literatura, escreveu artigos, deu aulas, redigiu cartas. Seu estilo direto porém delicado, visceral, comunicativo influenciou a literatura e a poesia de diversos artistas. A partir da apropriação de sua obra por outros artistas, o documentário procura captar a beleza e a originalidade de sua escrita, seja através da dança de Marcia Rubin, do espetáculo de Paulo José e Ana Kutner ou da poesia de Alice Sant´Anna. Todos, de maneiras diversas e particulares, conviveram com as vírgulas, as pausas, a voz e os olhos da poeta.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h


11:00

A Influência da Geração Beat

Documentário201352minFrançaLivre


De Xavier Villetard

Saiba como a amizade de Jack Kerouac, Allen Ginsberg e William Burroughs originou o movimento literário da Geração Beat. Do início em Nova York, no final da 2ª Guerra Mundial; passando por São Francisco, Cidade do México, Tânger e Paris; até o fim, 15 anos depois, com a publicação de ´Howl´ (Ginsberg), ´On the Road´ (Kerouac) e ´Naked Lunch´ (Burroughs); o trio criticou a literatura, lançou as sementes da contracultura e influenciou o estilo de vida das sociedades que viriam à frente.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h


12:00

Latitude, Longitude - Episódio Os encantos da Ilha da Magia

Documentário201626minBrasilLivreRJ


De Belisario Franca

Por que Florianópolis é chamada de Ilha da Magia? Quem ajuda o Latitude, Longitude a contar essa história é a Dona Bilica, típica manezinha da ilha, personagem da atriz Vanderleia Will. Do picadeiro do circo que leva seu nome, Bilica conduz o episódio pela herança açoriana de Floripa, em uma narrativa cheia de encantos. O episódio mostra um antigo engenho de farinha de mandioca que ainda hoje funciona à base de tração animal; conhece o universo dos fazedores da renda de bilro, incluindo um ateliê que usa a renda como mote de suas peças de cerâmica; e vai até o mercado público conhecer melhor o ofício e o jeito brincalhão de seus feirantes.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h


12:30

Mobilis - Episódio Trilhos Urbanos

Documentário201826minBrasilLivreSP


De Tide Gugliano Com Pedro Vicente

Qual a relação dos trilhos urbanos com o imaginário da comunidade? Como os trens e o metrô influenciam a cultura urbana? Um exemplo é o caso da origem do movimento Hip Hop brasileiro, nos anos 80, quando a primeira linha do metrô na cidade de São Paulo ligou a periferia ao centro como nunca se tinha ligado antes, possibilitando um encontro das periferias que está na raiz do movimento cultural. Sem esse encontro, existiria uma história do Hip Hop brasileiro?

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h


13:00

Filmes que Marcaram Época - Episódio Lacombe Lucien

Documentário201352minFrança12 anos


De Daniel Ablin

Louis Malle filmou "Lacombe Lucien" em 1973. O cenário é uma pequena cidade no sudoeste da França, em junho de 1944, logo depois dos Aliados aterrissarem. Filho de camponeses, Lacombe Lucien deseja se juntar à Resistência, mas ele é considerado muito novo. Uma noite ele é preso durante o toque de recolher. Ele entrega à Gestapo o nome do líder local dos Maquis e se junta às perseguições e torturas de membros da Resistência. No entanto, ele se apaixona por uma garota judia que vive escondida na pequena cidade, com seu pai e sua avó. Aos poucos, ele vai se afeiçoando a essa família e até impede que parte dela seja presa. Lacombe Lucien é lançado em fevereiro de 1974, na França de Georges Pompidou. O mito de uma França resistente, propagado por gaullistas e comunistas, está desmoronando. Em 1973, "Vichy France", do históriador americano Robert Paxton, se torna um marco. O livro nega a tese de um Petain "espere e verá" e sublinha, ao contrário, o ativismo pró-alemanha do regime Vichy, especialmente no que diz respeito à questão judaica. Nesse contexto, a recepção de "Lacombe Lucien" é um sucesso controverso. Em 1974, Louis Malle tem 42 anos. Ele é um cineasta bem-sucedido, próximo da Nouvelle Vague, mas sempre independente. O escândalo que cerca "Lacombe Lucien" faz com que o diretor se mude para os Estados Unidos, onde continua sua carreira e morre em 1995. Louis Malle retorna à França em somente em 1987 para filmar "Au Revoir Les Enfants", uma espécie de epílogo de "Lacombe Lucien", inspirado por dramáticas memórias pessoais de 1944.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Sex, 20 jul às 19:00h


14:00

O Dia Que Durou 21 Anos - Episódio O Dia Que Durou 21 Anos - Episódio 1

Documentário201126minBrasilLivre


De Camilo Galli Tavares

Em clima de suspense e ação, o documentário apresenta, em três episódios, os bastidores da participação do governo dos Estados Unidos no golpe militar de 1964 que durou até 1985 e instaurou a ditadura no Brasil. Pela primeira vez na televisão, documentos do arquivo norte-americano, classificados durante 46 anos como "Top Secret", serão expostos ao público. Textos de telegramas, áudio de conversas telefônicas, depoimentos contundentes e imagens inéditas fazem parte dessa série iconográfica, narrada pelo jornalista Flávio Tavares, que participou da luta armada, foi preso, torturado e exilado político.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h


14:30

Do Pó da Terra

Documentário201577minBrasilLivreRJ


De Mauricio Nahas

Muitos rótulos e pré-conceitos já estiveram ligados ao Vale do Jequitinhonha, em Minas Gerais, região de veredas, com artistas que transformam nacos de terra em universos de fantasia. Homens e mulheres, tingidos de barro, maltratados pelo vício, explorados pela ganância, subjugados pela própria sorte, resistentes, guerreiros que desafiam todo dia os inúmeros números cruéis das estatísticas públicas. A resignação dessas pessoas vem do pó da terra que um dia gerou o homem, que um dia manchou o rio, que um dia criou obras de arte. "Do Pó da Terra" retrata a vida dessa gente, desse lugar, do qual já ouvimos falar um dia, ao longe; do qual já esbarramos ao acaso no telejornal; do qual já sentimos piedade à distância.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Sex, 27 jul às 21:30h


16:00

Declínio dos Otomanos: o Oriente Médio partido - Episódio Declínio dos Otomanos: Oriente Médio Partido

Documentário201652minFrançaLivre


De Mathilde Damoisel

Depois de perder os Balcãs, o Império retirou-se para a Anatólia - Ásia Menor - e para as províncias árabes da Síria, Palestina, Mesopotâmia e Hedjaz. Essa retirada no núcleo anatólio e muçulmano do Império, como o historiador Hamit Bozarlan descreve, é uma característica essencial do tempo. O extermínio da população armenia, cristã, da Anatólia, o primeiro genocídio do século XX, teve lugar neste contexto específico.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h


17:00

Imagens do Estado Novo 1937-45 - Episódio Imagens do Estado Novo 1937-45 - Episódio 3

Documentário201552minBrasilLivre


De Eduardo Escorel

Às vésperas da II Guerra Mundial, Getúlio decreta a neutralidade do país, mas não esconde a simpatia pelo nazismo. Os EUA oferecem crédito e cooperação militar em troca de uma base aérea no Nordeste. Amplia-se a propaganda política, o controle da imprensa e a perseguição a imigrantes, especialmente judeus. Com o ataque japonês a Pearl Harbor o país rompe com o Eixo e nazistas atacam navio brasileiro.

Próximas Exibições:
Ter, 22 mai às 15:30h
Ter, 22 mai às 15:30h


18:00

Artistas - Episódio Adriana Maciel

Documentário201626minBrasilLivreRJ


De Marcos Ribeiro Com Adriana Maciel

No programa da artista Adriana Maciel, visitamos o seu ateliê, na companhia de Luiza Interlengui, que fala das conexões do trabalho dela com os trabalhos de Lygia Clark e os artistas construtivistas. Adriana pinta a ilusão do espaço na tela. No programa são utilizadas imagens das pinturas, objetos, fotografias, desenhos da artistas e de exposições no Rio e em Minas Gerais.

Próximas Exibições:
Qua, 23 mai às 06:00h
Dom, 27 mai às 03:30h


18:30

Impressões do Mundo - Episódio Valter Hugo Mãe - o Tsunami Linguístico

Documentário201626minBrasilLivreDF


De Ronaldo Duque

Escritor nascido em Angola, porém passou maior parte da sua vida em Portugal. Definido por José Saramago como "Tsunami Linguístico", publicou quatro livros sem nenhuma letra maiúscula - a "tetralogia das minúsculas" -, lançados entre 2004 e 2010. Nesse período, assinava valter hugo mãe - assim mesmo, em minúsculas, em sinal de humildade literária. Seus livros são uma reflexão sobre a linguagem, a memória, a morte, a solidão e, é claro, Portugal. Ganhou prêmios importantes como Saramago (2007) e Portugal Telecom (2012).

Próximas Exibições:
Qua, 23 mai às 06:30h
Sáb, 26 mai às 06:30h


19:00

Grandes Mitos Gregos - Episódio Hermes - O Mensageiro Indecifrável

Documentário201526minFrançaLivre


De François Busnel

Zeus admirava o jovem deus Hermes e o encarregou de inúmeras missões: tornar-se mensageiro, tornar-se um intercessor entre os vivos e os mortos, promover o comércio e incentivar a circulação de viajantes. Mas ele também era o maior aliado de seu pai e o ajudou em diversas tentativas de sedução. Ele era um deus impenetrável, e ninguém jamais sabia ao certo se estava ou não sendo enganado por ele. Hermes era admirado no Olimpo, mas às vezes irritava os deuses, fazendo objetos desaparecerem ou pregando peças.

Próximas Exibições:
Qua, 23 mai às 07:00h
Sáb, 26 mai às 05:30h


19:30

Quem se Importa - Episódio Acreditar

Documentário201730minBrasilLivreSP


De Mara Mourão

Lilian do Prado Silva percebeu que o acesso ao crédito é o ingrediente que faltava para o fechamento do ciclo virtuoso do protagonismo juvenil em regiões rurais pobres em que o jovem não encontra qualquer alternativa de fonte de geração de renda. Para isso criou a Acreditar, uma organização de micro- crédito gerida e formada por jovens, para jovens, que os apóia a empreender seus próprios negócios em consonância com o modelo de desenvolvimento local sustentável de zonas rurais. Antes, o jovem da região tinha que sair de sua pequena cidade para encontrar oportunidade de empreender em cidades maiores. Com o banco de microcrédito, milhares de jovens iniciaram seus próprios negócios, agricultores investiram em suas lavouras, e todo tipo de negócio pode florescer. Os empreendimentos criados permitem que o jovem permaneça no campo, seguindo os princípios da agricultura orgânica familiar, e gere renda para sua família e para as sociedades locais. Mas o banco vai muito além de simplesmente oferecer o crédito monetário. A Acreditar promove uma educação financeira possibilitando que todos aprendam a administrar os recursos e seus novos negócios.

Próximas Exibições:
Qua, 23 mai às 07:30h
Sáb, 26 mai às 15:55h


20:00

Os Ímpares - Episódio Di Melo - Emicida e Pretinho

Documentário201827minBrasilLivre


De Henrique Alqualo, Isis Mello

Emicida cria sua versão para a música Kilariô, do álbum de Di Melo. Já Pretinho da Serrinha transforma em samba A vida em seus métodos diz calma, com a participação do próprio Di Melo. Ele conta as histórias do disco para Emicida e Pretinho.

Próximas Exibições:
Qua, 23 mai às 08:00h
Sáb, 26 mai às 21:00h


20:45

Blues - Episódio Se Aquecendo Junto ao Fogo do Diabo

Documentário200388minEstados UnidosLivre


De Charles Burnett

O diretor Charles Burnett usa a ficção para contar a história de um garoto que, aos 11 anos, é mandado pela mãe para viver com os tios em Nova Orleans. Não perca esse conto envolvente que mistura o preconceito contra negros nos Estados Unidos, a religião e o blues.

Próximas Exibições:
Qua, 23 mai às 08:45h
Dom, 27 mai às 16:00h


22:25

Paulinho da Viola - Meu Tempo é Hoje

Documentário200383minBrasilLivreRJ


De Izabel Jaguaribe Com Paulinho da Viola, Amélia Rabello, Celsinho Silva, Cristina Buarque, Cristóvão Bastos

"Paulinho da Viola - Meu Tempo é Hoje", documentário dirigido por Izabel Jaguaribe com roteiro do jornalista Zuenir Ventura, é um perfil afetivo do cantor, instrumentista e compositor. O filme mostra seus mestres e amigos, suas influências musicais e percorre sua rotina discreta e muito peculiar, em suas atividades e hábitos desconhecidos do grande público. Mas a grande revelação vem das reflexões do músico sobre um único tema - o tempo. Há ainda encontros musicais com Marina Lima, Elton Medeiros, Zeca Pagodinho, Marisa Monte e a Velha Guarda da Portela.

Próximas Exibições:
Qua, 23 mai às 10:25h
Sáb, 26 mai às 09:00h